Educação ambiental em casa: dicas para começar

Ouvi esses dias a história de uma criança que, ao chegar da escola, viu a mãe lavando a calçada e imediatamente caiu no choro dizendo “você está acabando com a água do mundo!”. Parece dramático à primeira vista, mas logo entendi que nos anestesiamos com o tempo e paramos de ver a dimensão real do problema. Para ela, aquela ação tinha impacto direto no mundo! O bom é que quanto mais cedo começamos a pensar sobre isso, mais atuante nos tornamos. Mas como aplicar a educação ambiental em casa?

Bom, antes de tudo, a criança aprende pelo exemplo. Portanto, o primeiro desafio é dos papais e mamães que precisam repensar suas rotinas. A partir daí, algumas ações podem ser feitas em casa pela família toda, com possibilidade de tornar tudo uma brincadeira. Então vamos falar das ações?

Destinação certa de cada resíduo

Se a sua cidade ou condomínio não tem coleta seletiva, você pode começar em casa e inspirar outras pessoas. Para isso, o ideal é que você tenha 5 recipientes sinalizados e destinados aos resíduos – orgânico, reciclável, não reciclável, especiais e doações.

Dependendo do tamanho das crianças, você pode encontrar formas mais lúdicas para mostrar como é importante separar e para onde vai cada coisa. Garanto que vai todo mundo se envolver.

Consumo consciente

Cada produto comprado gera uma quantidade de lixo ao longo de sua produção – alguns pouco, outros muito. Não se trata apenas da embalagem que chega ao consumidor final, mas todos os resíduos jogados fora ao longo de sua fabricação.

Portanto, faça um exercício rotineiro com seus filhos e sobrinhos e repense o consumo desenfreado que a criança pode ter. Esse brinquedo é realmente importante? Você precisa de mais roupas? Seja sincero ao responder esses questionamentos.

Compra divertida

Imagina se, na ida ao mercado, cada membro da família tiver sua própria sacola retornável? As crianças vão se divertir, vão aprender a separar as compras e, principalmente, vão criar o hábito de ter sempre uma sacola retornável à mão.

Respeito à fauna e flora

Desde pequeno, é fundamental mostrar a necessidade de respeitar toda espécie de ser vivo. Envolver as crianças nos cuidados das plantas e da horta traz muitos ensinamentos e momentos de lazer em família. Animais de estimação também são ótimos, além de desenvolver os afetos com outros seres vivos.

 

Conhecer parques, os vizinhos e o ambiente ao redor faz com que as crianças se sintam parte. Cidadãos conscientes protegem o que está em sua volta e criarão um futuro mais verde e sustentável. Afinal, educação ambiental começa em casa, mas vai além!

Por isso, fortalecer o amor pelo planeta e ensinar a criança a ter um comportamento de maior cuidado com a preservação do meio ambiente é uma contribuição simples para o desenvolvimento sustentável. Felizmente, as crianças são muito entusiasmadas para ajudar dando aquela mãozinha a mais. Com a orientação, as crianças irão crescer até se tornarem guardiões do ambiente e ajudarão a trazer para seu planeta, uma realidade diferente.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Receba novidades e dicas ambientais no seu e-mail!