Gestão de resíduos dentro do condomínio: qual a melhor forma?

Bom, condomínios são hoje grandes geradores de resíduos e isso vai se tornando um problema para a cidade, principalmente quando o encaminhamento não é feito de forma correta. E mesmo que você construa bons hábitos dentro de casa, separando e deixando tudo certinho, é importante que o mesmo seja feito em todo o condomínio para que o resíduo não se transforme em lixo nesse processo.

É que de acordo com uma gestão Lixo Zero, a geração de lixo ocorre quando os resíduos recicláveis, orgânicos e rejeitos são misturados. Nesse caso, é mais difícil de fazer a reciclagem ou compostagem.

Diante disso, quais são os passos para implementar uma gestão de resíduos dentro do seu condomínio? Vamos ver:

Gestão de resíduos: comece separando

Para que você não produza lixo, tenha recipientes específicos para cada tipo de resíduo – de preferência em casa e na área comum do condomínio. Esse trabalho ajuda na organização do condomínio, evitando vetores como ratos e baratas, e ainda facilita o trabalho dos profissionais responsáveis pela coleta.

O padrão que a Oudiser usa é de 5 residuários, sendo o de recicláveis, não recicláveis, orgânicos, especiais e doação.

Comunicação e sinalização

Bom, nem todo mundo está acostumado a uma gestão de resíduos, portanto, é preciso um acompanhamento inicial para que ninguém se perca e jogue no residuário errado.

Nos condomínios que nós atendemos, existe uma padronização e comunicação eficientes para que não restem dúvidas. Além disso, contamos com uma equipe que comparece para tirar dúvidas, fazer cursos e pensar na melhor forma de ajudar o condomínio quando o assunto é resíduo.

Orientação da equipe

Bom, quando o condomínio está com os residuários certos e os condôminos cientes das obrigações, é hora de fazer uma formação com os funcionários responsáveis. Afinal, o ambiente exige uma higienização específica e constante, evitando cheiros fortes.

Lembrando que os funcionários não dão conta de fazer toda a separação e normalmente não são responsáveis por essa atividade, por isso cada condômino deve se responsabilizar pelo que produz em sua casa e encaminhar corretamente.

Com um pequeno esforço, é possível transformar o condomínio em um lugar mais sustentável e até economizar na gestão de resíduos. Quer saber como? Entre em contato conosco e descubra as possibilidades para o seu condomínio!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Receba novidades e dicas ambientais no seu e-mail!