LAR ECOLÓGICO – Dicas para uma cozinha mais sustentável!

O país e o mundo hoje vivem a emergência da crise ambiental, com grandes impactos na escassez de água e na produção energética.  Esta crise chama a atenção para ações urgentes da sociedade, poder público e privado, para a adoção de práticas mais sustentáveis,  que contribuam para a manutenção de um mundo mais justo e ecologicamente mais equilibrado. Neste sentido, há iniciativas que podemos adotar diretamente dentro de casa.

Pensando nisso, começamos hoje a série Lar Ecológico, com dicas importantes para deixar a sua casa mais sustentável e, de quebra, ainda economizar.

Hoje vamos falar sobre um dos principais cômodos da nossa casa, espaço essencial à saúde! A cozinha.

Ahh, a cozinha, lugar de boas conversas e receitas deliciosas! Quem aí não tem uma história pra contar, ou aquela receita da família que alimenta o corpo e a alma?

Um espaço tão especial necessita de cuidado, além de uma boa estrutura para produzir alimentos de qualidade e saborosos!

Em média, a operação da cozinha é responsável, sozinha, por aproximadamente 15% do consumo de água, além disso, é responsável por grande parte dos resíduos gerados pelos domicílios.

Confira agora dicas para economizar na cozinha!

Ao usar eletrodomésticos

1 – Na hora de comprar eletrodomésticos, dê preferência àqueles com maior eficiência energética e que possuem selos como o PROCEL categoria A! Podem ser mais caros, se pensarmos no valor imediato, mas este valor pago a mais pode ser compensado no longo prazo, com maior economia de energia.

2 – Tire os eletrodomésticos da tomada sempre que não estiver usando. Eletrodomésticos, mesmo desligados, consomem energia, podendo aumentar sua pegada ecológica e a conta de luz no fim do mês!

A geladeira precisa ficar ligada constantemente, mas mesmo assim com breves dicas, é possível reduzir o seu consumo de energia: 

3 – evite colocar objetos aquecidos. Busque sempre deixá-los esfriar antes de colocar na geladeira.  Além disso, busque manter uma distância de pelo menos 8cm da parede, para garantir o funcionamento adequado das serpentinas.

4 – Abra a porta da geladeira apenas quando necessário e verifique sempre as suas vedações.

Ao lavar a louça

5 – Procure deixar a louça de molho Antes de lavar. Isso facilita a limpeza, necessitando de menos água e detergente.

6 – Escolha detergentes com Ph neutro e que contêm óleo vegetal ao invés de substâncias petroquímicas. Estes detergentes utilizam matéria prima renovável e tendem a ter uma pegada ecológica menor que a de derivados de petróleo.

7 – Dê preferência para buchas vegetais,  que são biodegradáveis, ao contrário das esponjas tradicionais, que são feitas com produtos derivados de petróleo.

Compra e consumo

8 – Procure comprar produtos a granel e leve sempre sua ecobag com você na hora de fazer compras, assim você diminui o volume de embalagens gerado pelo consumo.

9 – Pensar nos produtos consumidos também é muito importante! Você sabia que a agropecuária faz parte dos setor que mais consome água? De acordo com dados de 2017, a Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura foi responsável por 97,4% do consumo total de água no país. Uma ótima forma de contribuir com um consumo mais sustentável, é investir em produtos orgânicos e locais. Além de serem melhores ao meio ambiente, auxiliam no desenvolvimento social de agricultores da sua região! 

10-Você pode também investir em uma pequena horta domiciliar ou participar de um CSA – Comunidades que Sustentam a Agricultura.

Ao destinar os seus resíduos

11 – Não esqueça do 3 R’s – Reduzir, reutilizar e reciclar!

12 – Não descarte óleo na pia da cozinha. Guarde-o em um recipiente separado e destine-o corretamente. Mas lembre-se, não use recipientes de vidro. Use garrafas pet, pois lacram bem o resíduo e não tem risco de quebrar. Nos residuários Oudiser há um específico para destinar o óleo de cozinha!

13 – Faça a separação correta dos resíduos.

14 – Pratique a compostagem, esta é uma ótima forma de diminuir a geração de resíduos orgânicos e gerar um adubo de qualidade, para usar nas plantas de sua casa!

Estas foram as dicas da série  Lar Ecológico para uma cozinha mais sustentável! 

Gostou das dicas? Então não deixe de compartilhar com seus familiares, amigos e vizinhos! Até a próxima!

Referências:

Bbifiltracao

Ecycle

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Jasminealimentos

Salve o meio ambiente – Seleções

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn