LAR ECOLÓGICO – SALA SUSTENTÁVEL E SAUDÁVEL

Olá! Esta é mais uma edição da série Lar Ecológico – dicas importantes para deixar a sua casa mais sustentável!

Seja para reunir os amigos e familiares, aquela pessoa que a gente ama ou para relaxar sozinha ou sozinho assistindo um bom filme, é sempre bom ter aquele espaço especial para desfrutar de momentos de lazer e entretenimento! Hoje vamos falar sobre a Sala.

Você já parou para pensar nos impactos gerados pelo uso da sala? 

Antes de qualquer coisa, quando se fala em impactos ambientais  de uma casa, é muito importante considerarmos que estes impactos acontecem em momentos diferentes – desde a sua construção, pintura, aquisição das mobílias, finalizando com a operação da edificação.

Nesta edição da série Lar Ecológico, vamos apresentar algumas dicas para tornar o uso deste espaço, mais responsável!

PINTANDO A SUA SALA

Sempre que pensamos na “montagem” da nossa sala, uma das primeiras coisas que vem à mente é a cor do cômodo. Neste sentido, é muito importante verificar a qualidade ambiental da tinta a ser adquirida, bem como a sua segurança para a saúde. Além da geração de efluentes líquidos tóxicos, como restos de resinas e solventes, as tintas também podem liberar os chamados VOC’s, ou Compostos Orgânicos Voláteis, como benzenos, toluenos , entre outros compostos químicos que podem acarretar em danos à saúde. Sendo assim, vale a pena optar por tintas ecológicas, à base de água e com pigmentação feita a partir de insumos naturais. E lembre-se, ao fazer a pintura da sua casa, use os EPI’s necessários e siga sempre as normas de segurança indicadas.

COMPRANDO A MOBÍLIA

Uma outra preocupação é com a mobília. Na hora de comprar os móveis  – e isso vale para qualquer cômodo – busque estratégias mais responsáveis, como optar por mobílias feitas a partir de materiais naturais. Procure se informar sobre os materiais utilizados na produção da mobília. No caso de móveis de madeira, verifique a procedência da madeira utilizada e se a mesma possui certificação Forest Stewardship Council, ou  FSC. 

Se você se liga em decoração, vale a pena  buscar por móveis com design atemporal, voltados à criação de móveis que não ficam datados com o tempo e, desta forma, menos submetidos à obsolescência perceptiva. 

Por fim, uma outra estratégia interessante – e mais barata –  é buscar adquirir sua mobília a partir de móveis usados, prática que já vem virando tendência de mercado.  

EQUIPANDO A SALA DE TV

Já, na escolha dos eletroeletrônicos, é importante buscar opções com processos produtivos mais sustentáveis e que tenham selo Procel A, que são mais econômicos.

Além disto, busque fazer o uso consciente da luz e dos eletroeletrônicos. Apenas a televisão, pode gerar um consumo de mais de 30 KWh por mê] o que equivale à mais de 15% do consumo médio das famílias em 2019.

Com essas dicas, lhe convidamos a repensar seus hábitos do dia-a-dia e tornar este importante espaço de lazer, descanso e convívio, em um espaço cada vez mais sustentável!

Este conteúdo foi criado a partir das referências abaixo:

AEN – PR

ATEC – Design atemporal: como identificar essa característica nos móveis?

Ciclo Vivo – 5 dicas para garimpar e comprar móveis usados

Procel Info

Propec – Fabricação de Tintas: Problemas e Sustentabilidade

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn